♥ Seguidores♥

Mostrando postagens com marcador #teatromusical. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #teatromusical. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Rio Mais Brasil - O Nosso Musical.

Rio Mais Brasil - O Nosso Musical.
Rio Mais Brasil - O Nosso Musical é baseado no livro O Povo Brasileiro de Darcy Ribeiro.O musical consegue mostrar muito do povo brasileiro, a pluralidade da cultura, modo de expressar e a beleza artística dos vários lugares do Brasil.
‘Rio mais Brasil, o nosso musical’ se passa nos bastidores da realização de um longa-metragem, livremente inspirado na obra ‘O Povo Brasileiro’, de Darcy Ribeiro. O produtor Martin recebe uma verba para criar uma superprodução, mostrando um Brasil jamais visto antes no cinema. Após muito procurar, ele vê suas ideias traduzidas pela cineasta Cris, que propõe mostrar a essência do povo brasileiro através do livro do Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro.
E a escolha do elenco deve refletir essa proposta, com pessoas de todo o país, que mostrarão um pouco de suas vivências, ajudando a entender o Brasil através da sua gente. À medida que as filmagens avançam, os valores vão sendo reduzidos, até que o investimento na produção é completamente cancelado. Como seguir adiante? O que pode ser feito? Um novo fato reacende as esperanças e possibilita a continuação das filmagens.

Outras informações:Teatro Frei Caneca
Elenco:Leonardo Vieira, Cris Viana, Danilo Mesquita, Danilo de Moura, André Muato,Barbara Sut, Clayson Charles, Edmundo Vitor, Fernando Thomaz, Janaina Moreno, Leandro Melo, Luciana Balby, Marcel Octávio, Nando Motta, Priscilla Azevedo, Teka Balluthy, Camila Matoso, Anna Bello e Késia Estácio.

Algumas músicas: Aquerela do Brasil, O povo Brasileiro I, O meu lugar, Caçador de mim, boi bumbá, Foi boto, sinhá, Maria Maria, Para todos,...

Teatro Frei Caneca.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Beatles Num Céu De Diamantes.

Beatles Num Céu De Diamantes.
Charles Möeller & Claudio Botelho.
O Musical reúne o que há de mais representativo no repertório do quarteto de Liverpool que é ícone do rock mundial. Em cena, oito atores-cantores, fazem um espetáculo leve, jovem e emocionante.
Vista por mais de 700 mil pessoas em 16 temporadas ao longo de 10 anos, a montagem chama a atenção pela ousada releitura nos arranjos que dispensaram a guitarra e valorizaram a sonoridade do contrabaixo, piano e percussão. O resultado musical se afasta de qualquer imitação dos arranjos da banda para mostrar releitura, originalidade criativa e o preciosismo nos arranjos vocais assinados por Jules Vandystadt, que por este trabalho ganhou o Prêmio Shell de melhor arranjo original no Rio de Janeiro, em 2009.
Möeller e Botelho optaram por fazer o espetáculo sem determinar  um enredo unica. As canções sugerem diversas histórias e situações e a cada número musical, o elenco apresenta um estado cênico diferente para falar de sonhos, descobertas, amadurecimento e outros temas suscitados pelas músicas.
O jogo cênico toma conta do palco, com poucos recursos de cenografia. O elenco usa somente alguns objetos em cena, como, malas, guarda-chuvas, bolhas de sabão e cadeiras para valorizar a emocao, e o clima dramático de cada cena.
Informações retiradas do programa do musical.
Elenco: Carol Pita, Andrei Lamberg, Carol Bezerra, Daniel Klepacz, Giovanna Moreira, Felipe Mafra, Ingrid Gaigher e Diogo Martins.
Músicos: Juliana Ripke, Pelé Nascimento e Noa Stroeter.
Músicas: Lucy In The Sky With Diamonds, Because, She`s Living Home, Strawberry Fields Forever, Magical Mystery Tour, Help!, Blackbird, Here Comes The Sun, Get Back, Michelle, Hey Jude, Eleanor Rigby, My Love, Till There Was You, If I Fell, She Loves You, I Want To Hold Your Hard, A Hard Day`s Night, Can`t Buy Me Love, All My Loving, And I Love Her, something, While My Guitar Gently Weeps, Oh, DArling, Yesterday, Let It Be, Come Together, Ob-la Di Ob-la Da, Yellow Submarine, The Long And Winding Road, Across The Universe, Here, There And Everywhere, The End, All You Need Is Love.
Espetáculo maravilhoso, todos estavam incríveis e foi fantástico ver a releitura de alguns dos maiores clássicos dos Beatles. Todos estão de parabéns, que produção caprichada, que vozes e interpretação!!!! Super recomendo!!!
Teatro Folha.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

“Fala Sério, Gente!”.

 “Fala Sério, Gente!”
Adorei a peça. Impossível não se identificar com a história. O musical é divertido e dinâmico e o texto é semelhante a realidade de praticamente todo adolescente, cheio de altos e baixos, dramas familiares, antigas e novas amizades, de bagunça, ciúme, descobertas amorosas, ciúme, discussão,... tudo que faz parte do cotidiano de qualquer pessoa.
Apesar de ser baseado em livros infanto-juvenil, a história é ótima para qualquer faixa etária.
Qual a hora certa de começar a namorar? Por que a minha mãe insiste em me tratar como criança? Como agir em um encontro com o crush? Esses e outros dilemas existenciais – comuns a todos que passam pela transformadora e complicada adolescência- são retratados em “Fala Sério, Gente!”.
Na peça, Thalita Rebouças, a escritora que mais vende livros para o público juvenil brasileiro, reúne os melhores trechos da sua série de livros “Fala Sério”, um fenômeno do mercado editorial jovem.
As dores e delícias de ser adolescente estão presentes no espetáculo de forma leve, musical e com muito humor em formato de crônicas que se encadeiam de uma maneira envolvente e fluida.
Com direção de Jarbas Homem de Mello e produção de Claudia Raia, “Fala Sério, Gente!” conta com um elenco de jovens talentos que interpretam, cantam e dançam para contar histórias que prometem emocionar e divertir.
"São quase 20 anos escrevendo livros para o público jovem e formando novos leitores. Ter a oportunidade de levar essa sintonia e magia para os palco, me emociona. A adolescência é uma fase muito complicada, com muitos dilemas, muita espinha, muitos crushs...Fala Sério, Gente! poder fazer companhia para essa galera nos livros e agora no teatro é incrível, né?!" Thalita Rebouças
Informações retiradas: Teatro Das Artes
Elenco: Artur Volpi, Caio Menck, Camila Brandão, Gabriela Camisotti, Giovanna Rangel, Júlia Ritondaro, Juliana Moulin, Isabela Quadros, Rhener Freitas, Robson Lima, Thiago Franzé.
Teatro Das Artes.
Até 11 de Novembro (Quintas, sextas e sábados, às 19h).

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

2 Filhos De Francisco - O Musical

2 FILHOS DE FRANCISCO – O MUSICAL.
Baseado no filme “Dois Filhos de Francisco”
O Musical é dividido em dois atos. Na primeira fase do musical: Francisco Camargo tinha um sonho; transformar seus filhos em cantores sertanejos. E passou a incentivar seus filhos Mirosmar e Emival, a se apresentarem nas festas da cidade. Inesperadamente, a perda da propriedade onde moravam nos anos 70, obrigou toda a família a se mudar para Goiânia.
Para conseguir algum dinheiro para ajudar a comprar comida, Mirosmar e Emival começam então a se apresentar na rodoviária local e é lá que conhecem o empresário de duplas caipiras Miranda.

Miranda convence os pais da dupla a deixar que eles viagem com ele,fazendo shows. Os irmãos começam a fazer sucesso por onde passa, até que um acidente encerra a carreira da dupla.
A segunda parte do musical, mostra a trajetória de Zezé di Camargo. Depois de quase desistir da carreira artística, Mirosmar decide voltar a cantar, usando o nome artístico de Zezé Di Camargo.  Já casado e com duas filhas pequenas, Zezé tem dificuldades em sustentar a família. Mas, de repente tudo muda novamente em sua vida quando Zezé passa a se apresentar com seu irmão Welson, que adota o nome artístico de Luciano. E assim nasce a dupla sertaneja mais importante do país com uma bela história de garra e perseverança.
Informações retiradas: Tickets For Fun
Teatro Cetip.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Hebe O musical.

HEBE O MUSICAL.
Estreia dia 12 de Outubro no Teatro Procópio Ferreira.

Estivemos na coletiva de @hebeomusical, que estreia no Teatro Procópio Ferreira. Simplesmente lindo, muito emocionada e feliz em poder ver um trabalho tão fantástico. Dá até para sentir a presença dela no palco de tão perfeito.
Da infância humilde em Taubaté, no interior de São Paulo, ao posto de rainha da televisão brasileira, Hebe Camargo ganha um musical, baseado na biografa escrita por Artur Xexéo e com direção de Miguel Falabella, que conta sua escalada profissional e os amores que passaram por sua vida. Embalado pelas canções que marcaram sua carreira de cantora, o espetáculo atravessa oito décadas nas quais, muitas vezes, os caminhos de Hebe e da TV no Brasil se confundem.
Com 21 atores em cena, orquestra composta por 09 músicos e mais de 30 técnicos envolvidos, a própria Hebe recebe o público que vai ao Teatro Procópio Ferreira e o convida a conhecer a sua história. A proposta é que o público acompanhe a grade de uma programação de TV típica dos anos 60. Nela, a garota-propaganda (Giovana Zotti) se atrapalha com os comerciais ao vivo e Leonor (Brenda Nadler), uma fã de Hebe Camargo, responde sobre a vida de seu ídolo ao peculiar apresentador de um programa de perguntas e respostas, Belo Garrido (Daniel Caldini). É através do conhecimento desta fã que a plateia acompanha o caminho da artista, que será interpretada por Carol Costa, na juventude, e Débora Reis, na vida adulta.
A relação de Hebe com os pais Fêgo Camargo (Carlos Leça) e Ester Camargo (Clarty Galvão), sua participação em programas de calouros e sua experiência de cantar no rádio formando conjuntos vocais com as primas Maria (Keka Quarterone) e Helena (Mari Saraiva), assim como com a irmã Stela (Fefa Moreira) também farão parte do enredo. As muitas amigas de Hebe são representadas por duas figuras bastante conhecidas do público: a também cantora Lolita Rodrigues (Renata Ricci), que Hebe conheceu ainda adolescente e de quem foi próxima a vida inteira, e Nair Bello (Renata Brás), com quem desfrutava noites de carteado e francas conversas regadas a gargalhadas. Ao lado de Lolita, vemos Hebe como cantora de boate num hotel do centro de São Paulo e sua participação na inauguração da primeira estação brasileira de TV.
 
A peça mostra o namoro de Hebe com o boxeador americano Joe Louis (Renato Caetano) e sua relação complicada, escondida do grande público, com o empresário Luís Ramos (Frederico Reuter). Paralelamente, acompanhamos o sucesso que ela alcança como apresentadora da TV Paulista, emissora onde chega a comandar seis programas semanais simultaneamente.
Seguem-se seu primeiro casamento, com o comerciante Décio Capuano (Guilherme Magon), o nascimento de seu único filho, Marcello (Adriano Tunes), e sua contratação pela TV Record, onde apresenta por oito anos o mais popular programa de entrevistas dos anos 60: uma atração que leva seu nome e que, por um bom tempo, foi campeã de audiência nas noites de domingo.
O musical registra também a separação de Décio, a rápida passagem pela TV Tupi, o trauma que a fez parar de cantar, os encontros hilários com Amâncio Mazzaroppi (Adriano Tunes) e Ronald Golias (Fernando Marianno), a carinhosa amizade com o cantor Agnaldo Rayol (Rodrigo Garcia/Frederico Reuter) e a união com o importador Lélio Ravagnani (Dino Fernandez), com quem viveu por 27 anos. Vemos Hebe tornar-se porta-voz da luta contra a corrupção em Brasília no programa que apresentou no SBT durante 24 anos e onde transformou em tradição o “selinho” que dava em seus convidados preferidos.
Com coreografias de Fernanda Chamma, direção musical de Daniel Rocha e e preparação vocal Guilherme Terra, que também será o maestro, Hebe – O musical traça a trajetória pessoal e profissional da mais carismática das apresentadoras de TV no Brasil e, por isso mesmo, a mais popular.
Informações - Morente Forte
Ingressos - Hebe O Musical
Debora Reis.
Teatro Procopio Ferreira.
Temporada 2017 ate o dia 17 de Dezembro.